A TERRITORIALIZAÇÃO DO AGRONEGÓCIO NO BRASIL A PARTIR DO PROCESSO DE ESTRANGEIRIZAÇÃO DA TERRA: o estudo de caso da cana-de-açúcar

Lorena Izá Pereira

Resumo


A estrangeirização é analisada como um processo que ocorre em todo o mundo, especialmente para países da África e da América Latina, pois possuem terras disponíveis a preços baixos, legislação flexível e ineficiente o controle do Estado. Ao abordar esta corrida mundial por terras em pleno século XXI, é necessário discutir questões referentes aos agrocombustíveis e a agroenergia, uma vez que são estes que definem a atual fase da estrangeirização da terra no Brasil. Desde o início do século XXI ocorre uma intensificação do processo territorialização do agronegócio transnacional na cana-de-açúcar no Brasil. Em 2006, apenas 3% da produção de açúcar e etanol no Brasil era de responsabilidade das empresas transnacionais, já em 2014 o capital transnacional foi o responsável por 33% da produção de açúcar e etanol, um aumento enorme em um curto período tempo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.