BARBÁRIE E MODERNIDADE NA EXPANSÃO DO AGRONEGÓCIO NOS CERRADOS PIAUIENSES

Alex Dias de Jesus, João Edmilson Fabrini

Resumo


Este artigo analisa o processo de ocupação dos cerrados piauienses pelo agronegócio do setor de grãos e sua relação com a concentração da propriedade fundiária, os conflitos no campo e a reprodução de situações de superexploração do trabalho. Para tal análise, foram selecionados os municípios de Baixa Grande do Ribeiro, Bom Jesus e Uruçuí, todos na mesorregião do Sudoeste do Piauí, por apresentarem, nos últimos anos, aumento da produção de grãos, mas também por registrarem conflitos envolvendo grandes empresas e fazendeiros contra comunidades tradicionais, camponeses e posseiros. Abordamos também as ameaças recentes aos Cerrados e seus povos através da delimitação da região do MATOPIBA – áreas do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, definidas como prioritárias para o agronegócio.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.