Artigo Original:
Prescrições de Enfermagem prevalentes no pós-operatório de cirurgia cardíaca de um hospital universitário. PECIBES, 30-40, 2017.

Alessandra Lie Murakami, Maria da Graça da Silva, Maria Gorette dos Reis, Albert Schiaveto de Souza

Resumo


Cerca de 300 mil brasileiros são acometidos pelas doenças cardiovasculares, representando a primeira causa de morte no Brasil. As pessoas submetidas à cirurgia cardíaca necessitam de um planejamento prévio das ações fundamentado cientificamente sendo que neste cenário destaca-se o Processo de Enfermagem, em especial a etapa do Planejamento de Enfermagem com a realização das prescrições, que irão direcionar a assistência da equipe de enfermagem. Desta forma, o objetivo deste estudo foi identificar as principais prescrições de enfermagem elaboradas no pós-operatório de cirurgia cardíaca em uma Unidade de Terapia Intensiva Cardiológica de um hospital universitário de Mato Grosso do Sul no ano de 2015. Trata-se de um estudo descritivo, retrospectivo com abordagem quantitativa, por meio da análise de prontuários de pacientes que foram submetidos à cirurgia cardíaca no cenário estudado. As principais prescrições de enfermagem elaboradas no pós-operatório de cirurgia cardíaca foram centradas nas necessidades psicobiológicas, com destaque a verificação dos sinais vitais, atenção às alterações de pressão arterial, ritmo e/ou frequência cardíaca, ao padrão ventilatório e balanço hídrico, que apresentaram frequência maior que 50% nos três momentos investigados no pós-operatório. Este estudo auxiliará na prática assistencial, pois o conhecimento dos cuidados de enfermagem a pacientes no pós-operatório de cirurgia cardíaca proporcionará subsídios para a equipe planejar a assistência a esse grupo específico.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.