Licenciaturas Parceladas: um estudo sobre a formação de professores que ensinavam Matemática

KATIA GUERCHI GONZALES, Antônio Vicente Marafioti Garnica

Resumo


Resumo: O objetivo principal deste artigo é apresentar sinteticamente uma pesquisa que teve como tema a criação e o desenvolvimento das chamadas Licenciaturas Parceladas, cujo foco principal era a formação de professores de matemática em Mato Grosso do Sul - Brasil. Tais cursos foram oferecidos pela Universidade Estadual de Mato Grosso - UEMT- e Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS, respectivamente nos anos 70 e 90. Observações quanto o tratamento metodológico, dado pela História Oral e a Hermenêutica da Profundidade de Thompson, também são feitas. Do processo analítico emergem algumas características particulares do contexto regional e as deficiências e urgências que caracterizam esses cursos.


Palavras-chave


Hermenêutica de Profundidade; Licenciaturas Parceladas; História Oral; Mato Grosso do Sul

Texto completo:

pdf

Referências


BARALDI, I. M. Retraços da Educação Matemática na região de Bauru (SP): uma história em construção. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Universidade Estadual Paulista – UNESP, Rio Claro, 2003.

BICUDO, M. A. V. A hermenêutica e o trabalho do professor de Matemática. Cadernos da Sociedade Brasileira de Estudos e Pesquisas Qualitativos, v. 3, n. 3, p. 61-94, 1993.

BLOCH, M. Ofício de historiador (ou Apologia da História). Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001.

BRASIL. Lei n. 4.024, de 20 de Dezembro de 1961. Fixa as diretrizes e Bases da Educação Nacional. 1961. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l4024.htm.

BRASIL. Lei n. 5.540, de 28 de Novembro de 1968. Fixa normas de organização e funcionamento do ensino superior e sua articulação com a escola média, e dá outras providências. 1968. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1960-1969/lei-5540-28-novembro-1968-359201-publicacaooriginal-1-pl.html

BRASIL. Lei n. 5.692, de 11 de Agosto de 1971. Fixa diretrizes e bases para o ensino de 1º e 2º graus, e dá outras providências. 1971a. Disponível em: .

CURY, C. R. J. A educação como desafio na ordem jurídica. In: LOPES, E. M. T.; FARIA FILHO, L. M.; VEIGA, C. G. (Orgs.). 500 anos de educação no Brasil. 3.ed. 1. reimp. Belo Horizonte: Autêntica, 2007. p. 567-584.

CURY, F. G. Uma história da formação de professores de Matemática e das Instituições formadoras do Estado de Tocantins. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Universidade Estadual Paulista – Unesp, Rio Claro, 2011.

FERNANDES, D. N. Sobre a formação do professor de matemática no Maranhão: cartas para uma cartografia possível. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Universidade Estadual Paulista – Unesp, Rio Claro, 2011.

GARNICA, A. V. M. Considerações sobre a fenomenologia hermenêutica de Paul Ricoeur. Transformação, São Paulo, n. 16, p. 43-52, 1993.

GARNICA, A. V. M. Pesquisa qualitativa e Educação (Matemática): de regulações, regulamentos, tempos e depoimentos. Mimesis, Bauru, v. 22, n. 1, p. 35-48, 2001.

GARNICA, A. V. M.; SOUZA, L. A. D. Elementos de História da Educação Matemática. Coleção PROPG Digital (Unesp). 2012.

MARTINS-SALANDIM, M. E. A interiorização dos cursos de Matemática no Estado de São Paulo: um exame da década de 1960. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Universidade Estadual Paulista – Unesp, Rio Claro, 2012.

MORAIS, M. B. Peças de uma história: formação de professores de matemática na Região de Mossoró (RN). Dissertação (Mestrado em Educação Matemática), Universidade Estadual Paulista, 2012.

NASCIMENTO, T. R. A criação das Licenciaturas Curtas no Brasil. Revista HISTEDBR On-Line, v. 12, n. 45, 2012.

OLIVEIRA, F. D. Análise de textos didáticos: três estudos. Dissertação de Mestrado em Educação Matemática – Universidade Estadual Paulista – Unesp, Rio Claro, 2008.

OLIVEIRA, F. D. Análise de textos didáticos de Matemática: um mapeamento e uma proposta fundada numa perspectiva hermenêutica. Bolema, Rio Claro (SP), v. 23, n° 35B, p.477-496, abril 2010.

OLIVEIRA, F. D.; ANDRADE, M. M.; SILVA, T. T. P. A Hermenêutica de Profundidade: possibilidades em Educação Matemática. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v. 6, n. 1, p. 119-142, 2013.

ROLKOUSKI, E. Vida de professores de matemática:(im) possibilidades de leitura. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Universidade Estadual Paulista - Unesp, Rio Claro, 2006.

ROMANELLI, O. O. História da educação no Brasil (1930- 1973). 18. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 1996.

SAVIANI, D. O legado educacional do regime militar. Cadernos Cedes, Campinas, v. 28, n. 76, p. 291-312, 2008.

SILVA, C. R. M. da. Uma, Nove ou Dez Narrativas sobre as Licenciaturas em Ciências e Matemática em Mato Grosso do Sul. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Universidade Estadual Paulista – Unesp, Rio Claro, 2015.

SOUZA, L. A. História oral e educação matemática: um estudo, um grupo, uma compreensão a partir de várias versões. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática), Universidade Estadual Paulista, 2006.

SOUZA, L. A. Trilhas na construção de versões históricas sobre um grupo escolar. Tese de Doutorado em Educação Matemática – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro/SP, 2011.

THOMPSON, J. B. Ideologia e cultura moderna: teoria social crítica na era dos meios de comunicação de massa. 9 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License

INDEXADORES

      Resultado de imagem para latindex indexador