Identidades de gênero e de raça nas trajetórias acadêmicas em ciências exatas

antonio santos

Resumo


As desigualdades de gênero, raça e demais minorias são questões que estão presentes em nossa sociedade e a busca por igualdade já perdura vários séculos não só no Brasil como em todo mundo. Neste artigo abordamos as narrativas de seis pesquisadores pertencentes a grupos sub-representados em física ou matemática em diferentes etapas de suas carreiras, como recurso metodológico na tentativa de responder questões de como escolheram essas áreas e das dificuldades que encontraram ao longo da carreira. A análise das narrativas é realizada com base nos referenciais de identidades racializadas e de gênero. O modelo para as identidades analisadas neste trabalho possui três componentes: Recursos Relacionais, Recursos Ideacionais e Recursos Materiais.


Palavras-chave


Identidades Racializadas. Representatividade em Matemática. vulnerabilidade de estereótipo

Texto completo:

pdf

Referências


BOURDIEU, P; PASSERON, J. C. Os herdeiros: os estudantes e a cultura. Santa Catarina: Editora UFSC, 2014. 172 p.

BORMAN, G. D. OVERMAN, L. R. Academic resilience in mathematics among poor and minority students. Elementary School Journal, 104 (3) 177-196, 2004

CERQUEIRA, D. R.C. e Moura, R. L., Nota técnica: Vidas perdidas e Racismo no Brasil. Brasília: Editora IPEA, 2013. Disponível em:

CERQUEIRA, Daniel RC; MOURA, Rodrigo Leandro de., Vidas perdidas e Racismo no Brasil. 2013.

DOWNEY, J. (2003), Listening to students: Perspecties of educational resilience from children who face adversity. Annual meeting of the American Education Research Association, Chicago

E. Curie, Companhia Editora Nacional de São Paulo (1938) 1ª edição

FERRARI, N. C.; Martell, R.; Okido, D.H. et al. Anais da Academia Brasileira de Ciências (2018).

FRIES-BRITT, S. It takes more than academic preparation: A nuanced look at black male success in STEM – Journal of African Males in Education, v. 8, issue 1, p. 6-22, Summer 2017.

GT de Gênero da Sociedade Brasileira de Física. Dados sobre desigualdade de gênero. Disponível em: . Acessado em 05 de outubro de 2018.

HYATER-ADAMS, S., FRACCHIOLLA, C., FINKELSTEIN, N., HINKI, K., Critical look at physics identity: An operationalized framework for examining race and physics identity, Phys. Rev. Ed. Res. v. 14, issue 1, 010132 (19), 2018.

HYATER-ADAMS, S., FRACCHIOLLA, C., FINKELSTEIN, N., HINKI, K., Understanding connections between physics and racial identities through recognition and relational resources, 2016 PERC Proceedings, edited by Jones, Ding, and Traxler; Peer-reviewed, Published by the American Association of Physics Teacher under a Creative Commons Attribution 3.0 licence. doi:10.119/perc. 2016.pr036

MENEZES, D. P. Mulheres na Física: a realidade em dados. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, 34 (2017) 341.

MENEZES, D. P.; BRITO, C.; ANTENEODO C. Mulheres na Física: Efeito Tesoura – da olimpíada brasileira de física à vida profissional. Scientific American Brazil (2017).

MORAIS, R. F; SANTOS, A.C.F. Lewis Howard Latimer e sua história aprisionada. A Física na Escola. v. 15, n.2, p. 29-33, 2017.

MOREIRA, M. A.; Metodologias de Pesquisa em Ensino, 1a Edição, Editora Livraria da Física, 2011.

NASIR, N. Racialized Identities: Race and Achievement Among African American Youth. California: Stanford University Press, 2012. 200 p.

PAIXÃO, Marcelo. Desenvolvimento Humano e as Desigualdades Étnicas no Brasil: um retrato de final de século.Revista Proposta. Ano 29. Nº 86. Rio de Janeiro: FASE/ Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional, set/nov de 2000.

PARISH, J., PARISH, T., BATT, S. (2001), Academic achievement and school climate – interventions that work, Annual meeting of the American Educational Research Association, Seattle.

ROSA, K, MENSAH, F. M., Educational pathways of Black women physicists: Stories of experiencing and overcoming obstacles in life, Phys. Rev. Phys. Educ. Res. 12, 020113 – Published 1 August 2016

ROSA, K, MENSAH, F. M., Educational pathways of Black women physicists: Stories of experiencing and overcoming obstacles in life, Phys. Rev. Phys. Educ. Res. 12, 020113 – Published 1 August 2016

SANTOS, A. C. F., You don’t look like a physicist, The Physics Teacher, v. 55, p; 524-527, 2017.

TRINDADE, A. L. O racismo no cotidiano escolar, Tese de Mestrado, FGV (1994).

LIPPMAN, W., Opinião Pública, Ed. Vozez, 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License

INDEXADORES

      Resultado de imagem para latindex indexador