Manutenção de Software Utilizando Práticas de Codificação Limpa

Cleber Leandro Silva, Marcelo Torres, Fabiana Florian

Resumo


A manutenção de software é a modificação de um produto de software após a sua entrega, visando corrigir defeitos, melhorar desempenho ou outros atributos. Diferente das outras fases presentes no desenvolvimento de software, a manutenção é um processo que acompanha todo o ciclo de vida do produto. Por esse e outros motivos, a manutenção é um requisito cada vez mais valorizado pela indústria de software. A codificação, por sua vez, também é uma etapa que merece todo cuidado, pois ter um código que é apenas funcional não é o bastante, é necessário ter um código autoexplicativo, com módulos coesos e com padrões de design que facilitam a expansão e a reutilização. Partindo do princípio que a codificação é uma das etapas no desenvolvimento de software que tem impacto direto sobre a manutenção, este trabalho evidencia más práticas adotadas durante a codificação e propõe, embasado em uma pesquisa bibliográfica, ações de melhoria no código que visam contribuir para uma manutenção mais eficiente e menos custosa.

Palavras-chave


Software; Engenharia de Software; Código Limpo; Codificação Limpa

Texto completo:

PDF

Referências


A. HUNT and D. THOMAS, The Pragmatic Programmer. Boston, EUA:

Addison-Wesley, 2000.

C. R. MARTIN, Clean Code: A Handbook of Agile Software Craftsmanship.

Upper Saddle River, EUA: Prentice Hall, Upper Saddle River, 2008.

B. BLANCHARD, Logistics Engineering and Management. Upper Saddle River,

EUA: Pretince Hall, 1992.

T. E. GERHARDT and D. T. SILVEIRA (orgs.), Métodos de Pesquisa. Porto

Alegre: Editora da UFRGS, 2009.

A. C. GIL, Como Elaborar Projetos de Pesquisa. São Paulo: Atlas, 5 ed. ed.,

B. STROUSTRUP, The C++ Programming Language. Upper Saddle River,

EUA: Addison-Wesley Professional, 2013.

R. JEFFRIES, Extreme Programming Installed. Boston, EUA: Addison-Wesley

Professional, 2000.

M. FOWLER, Refactoring: Improving the Design of Existing Code. Boston,

EUA: Addison-Wesley, 1999.

S. McCONNELL, Code Complete: A Practical Handbook of Software Construction.

Redmond, EUA: Microsoft Press, 2004.

M. FEATHERS, Working Eectively with Legacy Code. Boston, EUA: Addison-

Wesley, 2004.

KERNIGHAN and PLAUGHER, The Elements of Programming Style. New

York, EUA: McGraw-Hill, 2d. ed. ed., 1978.

Silva, et al

E. GAMMA, Design Patterns: Elements of Reusable Object Oriented Software.

Boston, EUA: Addison-Wesley, 1996.

M. FOWLER, Command Query Separation. https://martinfowler.com/

bliki/CommandQuerySeparation.html, Dez. 2005. Acesado em 11 abr. 2017.

Y. BUGAYENKO, Why Null is Bad. http://www.yegor256.com/2014/05/

/why-null-is-bad.html, Maio 2014. Acessado em 11 abr. 2017.

M. FOWLER, Patterns of Enterprise Application Architecture. Boston, EUA:

Addison-Wesley, 2002.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.