PROPOSIÇÃO DE INSTRUMENTO PARA TRIAGEM DE VISITA DOMICILIAR AO IDOSO COMO ESTRATÉGIA DE ENSINO MÉDICO PROBLEMATIZADOR NO SUS RESUMO

Gustavo Adolfo Kuriyama Massari, Igor Arantes de Oliveira Góes, Gustavo Bueno de Oliveira, Karen Mayuri Kato, Rafael Nazaro Cassar Camargo, Beatriz Helena de Mattos Araújo Verri, Vitor Piqueira de Oliveira, Estela Márcia Flores Gianesella

Resumo


Em nova proposta pedagógica, a disciplina Prática Médica e Sociedade VI do Curso de Medicina da Universidade São Francisco, propôs aos alunos que o ensino da atenção à saúde do idoso se realizasse a partir da problematização da atenção básica nas unidades da Estratégia de Saúde da Família do município. Em duas etapas, os grupos de alunos partiram do diagnóstico das ações de cada unidade e das demandas das equipes para a proposição de intervenções voltadas à instrumentalização dessas equipes para aplicação e multiplicação de atividades voltadas à saúde do idoso. Um dos grupos, em conjunto com a equipe da unidade, criou um instrumento de avaliação de dependência do idoso para implantá-la na unidade da Estratégia de Saúde da Família “Nilda Colli”, visando escalonar temporalmente a necessidade de visita domiciliar da equipe aos idosos. Esta triagem possibilitará que a equipe realize a visita com uma frequência adequada, de acordo com a necessidade individual de cada idoso, podendo ser semanal, quinzenal ou mensal, de acordo com a pontuação obtida pelo instrumento de avaliação.


Palavras-chave


Saúde do Idoso, Saúde Coletiva, Visita Domiciliar

Texto completo:

PDF

Referências


- Figueiredo MLF, Luz MHBA, Brito CMS, Sousa SNS, Silva DRS. Diagnósticos de enfermagem do idoso acamado no domicílio. Rev. bras. enferm. 2008 Aug; 61(4): 464-469.

- Lima-Costa MF, Barreto S, Giatti L, Uchôa E. Desigualdade social e saúde entre idosos brasileiros: um estudo baseado na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios. Cad. Saúde Pública. 2003 Jun; 19 (3): 745-757.

- Zaslavsky C, Gus I. Idoso: Doença Cardíaca e Comorbidades. Arq. Bras. Cardiol. 2002 Dec; 79 (6): 635-639.

- Ricci NA, Gonçalves DFF, Coimbra IB, Coimbra AMV. Fatores associados ao histórico de quedas de idosos assistidos pelo Programa de Saúde da Família. Saude soc.2010 Dec; 19 (4): 898-909.

- Guimaraes RM. Proteção e saúde do idoso. Rev. Saúde Pública. 1987 Jun; 21 (3): 274-275.

- Maques GQ, Freitas IBA. Experiência-piloto de assistência domiciliar: idosos acamados de uma Unidade Básica de Saúde, Porto Alegre, Brasil. Rev. esc. enferm. USP. 2009 Dec; 43 (4): 825-832.

- Macinko J, Harris M. “Brazil’s Family Health Strategy—Delivering Community-Based Primary Care in a Universal Health System”. New England Journal of Medicine Perspective, June 2015 372(23): 2177–81.

- Torrezan RM, Guimaraes RB, Furlanetti MPFR. A importância da problematização na construção do conhecimento em saúde comunitária. Trab. educ. saúde. 2012 Jun. 10 (1): 107-124.

- Cyrino EG, Toralles-Pereira ML. Trabalhando com estratégias de ensino-aprendizado por descoberta na área da saúde: a problematização e a aprendizagem baseada em problemas. Cad. Saúde Pública. 2004 Jun; 20 (3): 780-788.

- Aehlert B. ACLS: Suporte avançado de vida em cardiologia. Editora Elsevier. 2013.

- Porto CC, Porto AL. Semiologia médica. Guanabara Koogan, 2014.

- Silva MCGB. Avaliação Subjetiva Global. In: Waitzberg DL, editor. Nutrição Oral, Enteral e Parenteral na Prática Clínica. 2000. 241-53.

- Ruzafa JC, Moreno JD. Valoración de la discapacidad física: el indice de Barthel. Rev. Esp. Salud Publica.1997 mar; 71 (2).

- Acuna K, Cruz T. Avaliação do estado nutricional de adultos e idosos e situação nutricional da população brasileira. Arq Bras Endocrinol Metab. 2004 Jun; 48 (3):345-361.

- Anjos KF, Boery RNSO, Pereira R, Pedreira LC, Vilela ABA, Santos VC, et al. Associação entre apoio social e qualidade de vida de cuidadores familiares de idosos dependentes. Ciênc. saúde coletiva. 2015 Mai; 20 (5): 1321-1330.

- Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes: 2013-2014/Sociedade Brasileira de Diabetes. 2014.

- Reis LA, Torres GV, Xavier TT, Silva RAR, Costa IKF, Mendes FRP . Percepção do suporte familiar em idosos de baixa renda e fatores associados. Texto contexto – enferm. 2011; 20 (spe): 52-58.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.